A condição fotográfica do relato: Sergio Chejfec e suas narrativas documentais

  • Florencia Garramuño Universidad de San Andrés. Departamento de Humanidades
Palavras-chave: Literatura contemporânea, Fotografia, Chejfec

Resumo

Algumas das escrituras contemporâneas mais radicais dos últimos anos elaboram relatos que já não se sustentam sobre o predomínio do humano e do individual. Figuras do impessoal e anônimo evidenciam uma saída do subjetivo e do pessoal. Qual é a potência do impessoal nessas escrituras? Que tipo de problemas elas tornam visíveis? Neste artigo me interessa pensar quanto essa saída do subjetivo e do pessoal repercute na exposição de uma experiência que se distancia do prisma subjetivo, e que tipo de consequências, estéticas e políticas, essas escrituras acarretam, a partir da leitura de Modo linterna, de Sergio Chejfec.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Florencia Garramuño, Universidad de San Andrés. Departamento de Humanidades

Florencia Garramuño é doutora em Línguas e Literaturas Românicas pela Universidade de Princeton. Dirige o Departamento de Humanidades da Universidad de San Andrés. Publicou, entre outros, os livros Modernidades Primitivas: Tango, Samba y Nación, La experiencia opaca, Frutos Estranhos. Ensaios sobre a inespecificidade na Estética Contemporânea y Mundos en común.

Referências

Bordeleau, Eric. L’anonymat. Paris: Le Quartanier, 2011.
Chejfec, Sergio. “Escribir es el resultado de una voluntad (entrevista a Daniel Gigena)”. In: La Nación, Santiago, 3 de agosto de 2015.
Chejfec, Sergio. Modo linterna. Buenos Aires: Entropía, 2013.
Contreras, Sandra. Ensayos en torno al realismo. Rosario: Nube Negra, 2018.
Deleuze, Gilles. Pure immanence: essays on a life. New York: Zone Books, 2001.
Didi-Huberman, Georges. “La emoción no dice yo”. In: Didi-Huberman, Georges; Pollock, Griselda; Rancière, Jacques; Schweizer, Nicole; Valdés, Adriana. Alfredo Jaar: la política de las imágenes. Santiago: Metales Pesados, 2014, p.123-145
Garramuño, Florencia. “O outro avança sobre mim: dimensões da vida anônima e impessoal na cultura latino-americana”. In: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, 48, 2016, p.11-28.
Horne, Luz. “Fotografía y retrato de lo contemporáneo”. In: Niebylski, Diana C. Sergio Chejfec: trayectoria de una escritura. Pittsburgh: Pittsburgh University, 2012, p.123-146.
Niebylski, Diana C. Sergio Chejfec: trayectoria de una escritura. Pittsburgh: Pittsburgh University, 2012.
Rolnik, Suely. “Subjetividade antropofágica”. In: Pedrosa, Adriano; Herkenhoff, Paulo. (org.). 24ª Bienal de São Paulo: arte contemporânea brasileira: um e/entre outro/s. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1998, p.128-145.
Publicado
2019-06-19
Como Citar
Garramuño, F. (2019). A condição fotográfica do relato: Sergio Chejfec e suas narrativas documentais. Caracol, (17), 29-42. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.v0i17p29-42