No bairro tem igreja: práticas culturais entre jovens pentecostais

  • Elias Evangelista Gomes Universidade Federal de Minas Gerais; Conselho Municipal da Juventude de Belo Horizonte
Palavras-chave: Juventude, Práticas culturais, Estilo e música

Resumo

Este estudo buscou compreender como os jovens evangélicos de uma igreja evangélica pentecostal, na periferia de Belo Horizonte, vivenciam e elaboram suas práticas culturais. Por meio de uma pesquisa etnográfica buscamos apontar os elementos que agregam os jovens na igreja, a centralidade da música e dos estilos visuais adotados por eles.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elias Evangelista Gomes, Universidade Federal de Minas Gerais; Conselho Municipal da Juventude de Belo Horizonte

Cientista Social formado na Universidade Federal de Minas Gerais, pesquisador do Observatório da Juventude
UFMG, mestrando em Educação – área de Sociologia da Educação – da Faculdade de Educação da Universidade de
São Paulo e membro do Conselho Municipal da Juventude de Belo Horizonte.

Publicado
2007-01-01
Como Citar
Gomes, E. (2007). No bairro tem igreja: práticas culturais entre jovens pentecostais. Cadernos CERU, (18), 69-89. https://doi.org/10.1590/S1413-45192007000100005
Seção
Dossiê Amazônia