Abertura política, militância múltipla e protestos públicos em defesa de causas ambientais

  • Wilson José Ferreira de Oliveira Universidade Federal de Pelotas
Palavras-chave: Protestos públicos, Processos políticos, Engajamento individual, Militantismo, Ambientalismo

Resumo

Esse artigo examina as condições de emergência e as dinâmicas de utilização de manifestações e de protestos públicos na defesa de causas ambientais. A metodologia focalizou as relações entre o uso de tais formas de protesto, os tipos de causas defendidas e as características sociais das organizações e das lideranças que promovem e sustentam tais mobilizações. A pesquisa demonstrou que as modificações dos repertórios de ação colocados em prática na defesa ambiental estão relacionadas à ampliação dos usos instrumentais da escolarização e da formação profissional, à intensificação do fenômeno da militância múltipla e à transformação das bases sociais e das dinâmicas de ingresso em tal militantismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wilson José Ferreira de Oliveira, Universidade Federal de Pelotas
Mestre em Sociologia e Doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e associado da Associação Brasileira de Antropologia (ABA).
Publicado
2009-06-01
Como Citar
Oliveira, W. (2009). Abertura política, militância múltipla e protestos públicos em defesa de causas ambientais. Cadernos CERU, 20(1), 223-239. https://doi.org/10.1590/S1413-45192009000100013
Seção
Dossiê Amazônia