Patrimonialidade ambiental e pertencimento em asssentamentos rurais: Reflexões e indicadores de pesquisa

  • Claudionor Renato da Silva Universidade de Araraquara; Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural
  • Vera Lúcia Silveira Botta Ferrante Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural (NUPEDOR); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Palavras-chave: Patrimonialidade ambiental, Gestão ambiental, Assentamentos rurais

Resumo

Patrimonialidade ambiental e pertencimento são conceitos e propostas para gestão ambiental. Órgãos gestores e comunidades compartilham saberes, esforços e orientam ações para transformação social, ecológica e ambiental, política, cultural e econômica. O objetivo deste trabalho em andamento é estudar a aplicabilidade e a potencialidade desses conceitos nos assentamentos rurais referentes às questões do meio ambiente. Com a metodologia do estudo de caso e também com base nas análise de ampla bibliografia, constatam-se: a presença dos conceitos pesquisados; conflitos e desencontros entre órgãos gestores, políticas públicas e os posicionamentos dos assentados para as questões ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudionor Renato da Silva, Universidade de Araraquara; Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural
Graduando em Pedagogia (UNIARA) e pesquisador do Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural (NUPEDOR)
Vera Lúcia Silveira Botta Ferrante, Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural (NUPEDOR); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Coordenadora do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente. Coordenadora do
NUPEDOR e Pesquisadora do CNPq

Publicado
2009-12-01
Como Citar
Silva, C., & Ferrante, V. (2009). Patrimonialidade ambiental e pertencimento em asssentamentos rurais: Reflexões e indicadores de pesquisa. Cadernos CERU, 20(2), 67-85. https://doi.org/10.1590/S1413-45192009000200005
Seção
Dossiê Amazônia