Do campo para a cidade: memórias e histórias de migrantes não-alfabetizados

  • Maria Regina Clivati Capelo Universidade do Vale do Rio Doce; ESAP; Instituto de Estudos Avançados e Pós-Graduação
Palavras-chave: Educação social, Alfabetismos, Migração campo-cidade

Resumo

Registra experiências de educação social vividas por trabalhadores rurais não-alfabetizados que migraram para cidades médias e grandes de São Paulo e Paraná. Os dados foram coletados em entrevistas semi-dirigidas com homens e mulheres sexagenários que nasceram e viveram até a juventude no meio rural e, posteriormente, se fixaram em espaços citadinos. De um montante de dez entrevistas foram selecionadas quatro: duas mulheres e dois homens que se identificaram como não-alfabetizados e viveram situações similares embora em localidades diferenciadas. Diante da complexidade da cidade e da exigência de leitura do impresso foram impelidos a desenvolver um alfabetismo social que precisa ser reconhecido e valorizado para que as práticas pedagógicas possam ser mais coerentes com as exigências sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-12-01
Como Citar
Capelo, M. (2009). Do campo para a cidade: memórias e histórias de migrantes não-alfabetizados. Cadernos CERU, 20(2), 163-180. https://doi.org/10.1590/S1413-45192009000200010
Seção
Dossiê Amazônia