Vozes da Poesia Contemporânea: A Dicção de Vera Lúcia de Oliveira e a Poesia do Interdito

  • Eduardo Dall’Alba
Palavras-chave: poesia, dor, grito, sentido

Resumo

O texto propõe uma leitura das temáticas da poesia de Vera Lúcia de Oliveira que tratam de morte, dor laceração e perda, condensadas em versos precisos, nos quais nenhuma palavra sobra. Dor contida e gritos emudecidos perpassam a obra e elevam sua poesia a uma dimensão trágica

Biografia do Autor

Eduardo Dall’Alba
Poeta, pesquisador e professor universitário. Faleceu precocemente em 2013. Em 1998, recebeu o prêmio Açorianos de Literatura na categoria Poesia com o livro Vinhedo das Vontades. Em 2008, repetiu o feito na mesma categoria com a obra Lunário Perpétuo
Publicado
2013-06-07
Como Citar
Dall’Alba, E. (2013). Vozes da Poesia Contemporânea: A Dicção de Vera Lúcia de Oliveira e a Poesia do Interdito. Revista De Italianística, (25), 113-119. https://doi.org/10.11606/issn.2238-8281.v0i25p113-119
Seção
Não definida