Dal Teatro di Euripide Al Cinema di Pasolini: La Mise en Abyme Del Mito di Medea

  • Walter Zidaric Université de Nantes

Resumo

Il mito di Medea continua a affascinare l’umanità, fin dall’antichità, soprattutto nella versione di Euripide. Si commentano composizioni artistiche che riprendono im mito di Medea e si analizza, in particolare, il rapporto Medea, Callas, Pasolini.

Biografia do Autor

Walter Zidaric, Université de Nantes
Walter Zidaric é professor titular de língua, literatura e civilização italiana e de literaturae cultura russa da Université de Nantes, onde também dirige o Departamento de Italianística.Entre seus campos de estudo e pesquisa estão as relações entre música, literatura e sociedade,com particular atenção aos libretos de ópera entre os séculos XIX e XX. Publicou duas monografias,uma sobre o compositor russo Alexandre Dargomyjskij e sua opera Rusalka (2003), eoutra sobre o universo dramático de Amilcare Ponchielli (2010). Autor de mais de 40 artigospublicados em revistas francesas e internacionais fundamentais no que tange às temáticas mencionadas.Zidaric também é autor do libreto de opera Lars Cleen (2010) com música de PaoloRosato, a ser representado em breve.
Publicado
2010-12-30
Como Citar
Zidaric, W. (2010). Dal Teatro di Euripide Al Cinema di Pasolini: La Mise en Abyme Del Mito di Medea. Revista De Italianística, (19-20), 195-209. https://doi.org/10.11606/issn.2238-8281.v0i19-20p195-209
Seção
Artigos