O Manifesto Futurista “Por uma Sociedade de Proteção das Máquinas” de Fedele Azari

  • Vanessa Beatriz Bortulucce Centro Universitário Assunção

Resumo

Este artigo apresenta, pela primeira vez em língua portuguesa, um manifesto escrito por Fedele Azari (1896-1930), um dos principais artistas da chamada segunda fase do Futurismo italiano. O texto “Por uma Sociedadede Proteção das Máquinas”, escrito em 1927, aborda uma questão vital da estética da vanguarda: a relação entre homens e máquinas dentro do contexto da sociedade industrial. O presente manifesto de Azari apresenta ao estudioso da teoria de arte uma oportunidade de entrar em contato com as ideias de um personagem pouco conhecido da vanguarda italiana.
Publicado
2010-12-30
Como Citar
Bortulucce, V. (2010). O Manifesto Futurista “Por uma Sociedade de Proteção das Máquinas” de Fedele Azari. Revista De Italianística, (19-20), 249-266. https://doi.org/10.11606/issn.2238-8281.v0i19-20p249-266
Seção
Tradução