O tango e o relógio: dois percursos de leitura em Quando Dio ballava il tango, de Laura Pariani

  • Vera Horn Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Emigração na Argentina, Condição feminina, Narrativa circular, Tango, Memória

Resumo

A emigração italiana do ponto de vista da mulher, o resgate da memória ao som do tango. Dezesseis mulheres que se entrecruzam constantemente narram os fatos da emigração italiana na Argentina em um arco temporal que compreende dois séculos. Todo o sofrimento e a dor do emigrado e de seu descendente. O resgate de sua memória através de Corazón, que representa o ponto de reunião de todas as histórias e recria as histórias de família para reencontrar-se com seu passado. O tango que perpassa as histórias narradas como fundo musical e inevitável passo de dança. Uma viagem ao contrário em busca da memória e da identidade.
Publicado
2003-07-30
Como Citar
Horn, V. (2003). O tango e o relógio: dois percursos de leitura em Quando Dio ballava il tango, de Laura Pariani. Revista De Italianística, (6-7), 165-178. https://doi.org/10.11606/issn.2238-8281.v0i6-7p165-178
Seção
Literatura e crítica