Modernizzazione e pratiche comunicative: la scrittura dell'italiano nel XX secolo

  • Federico Croci
Palavras-chave: História da língua, história da cultura escrita, italiano popular, escritura popular, história da Itália contemporânea.

Resumo

Os personagens principais dessas páginas não são profissionais da escritura, mas as classes subalternas, as pessoas comuns que freqüentemente permaneceram às margens da cultura escrita. O italiano em exame é aquele produzido por quem raramente foi à escola e, por vários motivos, se encontrou a ter de usar o instrumento sofisticado da escritura em seu significado mais imediato e simples, como prática de comunicação, ato material que requer a execução de signos gráficos comunicativos, expressivos ou de auxílio para a memória. Utilizando documentos de arquivo, em parte inéditos, procura-se recuperar a linha mestra que une o italiano não àprodução culta e literária, mas à materialidade da escritura na época contemporânea, evidenciando a problematicidade e as ligações existentes entre modernização e difusão da escritura.
Publicado
2006-04-30
Como Citar
Croci, F. (2006). Modernizzazione e pratiche comunicative: la scrittura dell’italiano nel XX secolo. Revista De Italianística, (12), 115-157. https://doi.org/10.11606/issn.2238-8281.v0i12p115-157
Seção
Vozes da Itália