Fausto da Longiano e a tradução retórica do século XVI

  • Mauri Furlan
Palavras-chave: Teoria da tradução, Renascimento, retórica, Fausto da Longiano.

Resumo

Dialogo del modo de lo tradurre, 1556, de Sebastiano Fausto da Longiano, é o primeiro tratado independente escrito em italiano sobre a tradução, e um dos mais significativos do Renascimento europeu. Nele, além das principais posições mantidas nas disputas sobre a tradução no período, também se encontram preceitos constituidores da grande linha de pensamento que caracterizou a reflexão sobre a tradução renascentista e que chamamos de “teoria retórico-locutiva da tradução”: o código que plasma a concepção da linguagem no Renascimento e, consequentemente, o código da tradução e o da elocutio retórica.
Publicado
2006-12-30
Como Citar
Furlan, M. (2006). Fausto da Longiano e a tradução retórica do século XVI. Revista De Italianística, (14), 153-176. https://doi.org/10.11606/issn.2238-8281.v0i14p153-176
Seção
O lugar e a língua