[1]
S. L. Queiroz e A. Caramori, “Sardegna, tradução e interculturalidad”e, Rev. Ital. (Online), nº 32, p. 115-128, dez. 2016.