Arquitetos de ruínas: espaço e melancolia em Machado de Assis e Almeida Garrett (uma aproximação contrastiva)

  • Ravel Giordano Paz Universidade Estadual de Goiás
Palavras-chave: Literatura brasileira, literatura portuguesa, espaço e subjetividade

Resumo

O trabalho esboça uma aproximação entre romances de Machado de Assis e o romance Viagem na minha terra, de Almeida Garrett, considerando a relação entre espaço e subjetividade nessas obras.

Biografia do Autor

Ravel Giordano Paz, Universidade Estadual de Goiás
Doutorando em Letras Clássicas e Vernáculas (FFLCH-USP); Professor Efetivo de Literatura da Universidade Estadual de Goiás
Publicado
2006-12-18
Como Citar
Paz, R. (2006). Arquitetos de ruínas: espaço e melancolia em Machado de Assis e Almeida Garrett (uma aproximação contrastiva). Magma, (9), 36-44. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1769.mag.2006.64375
Edição
Seção
Ensaios