Perfil epidemiológico da hipospádia na região Bragantina do estado de São Paulo, Brasil

Palavras-chave: Hipospadia, Malformações, Bragança Paulista

Resumo

Modelo de estudo: Estudo de prevalência. Objetivo do estudo: Avaliar o perfil epidemiológico dos casos de hipospádia atendidos no Hospital São Francisco na Providência de Deus da Universidade São Francisco (HUSF), Bragança Paulista/SP nos últimos 10 anos (2007-2017), relacionando os tipos de hipospádia com as malformações associadas e idade à primeira cirurgia corretiva. Metodologia: Foi realizado um levantamento de casos de hipospádia atendidos entre 2007 e 2017 no HUSF, com pacientes oriundos das cidades da Região Bragantina do estado de São Paulo. Os tipos de hipospádia foram relacionados com as malformações associadas. Foram pesquisados nos prontuários: tipo de hipospádia, idade à primeira cirurgia, laudo de exame ultrassonográfico, etnia, local de nascimento e malformação associada. Os dados foram analisados estatisticamente utilizando os testes Qui-quadrado, teste F e de Kruskal-Wallis. Resultados: Em 1401 atendimentos pediátricos no período avaliado, foram encontrados 45 casos de hipospádia com prevalência igual a 0,7/1000 nascidos vivos. Do total de casos, 29 foram classificados como do tipo distal, seis casos de hipospádia média e 10 casos do tipo proximal [F-test (2,8)=5,552; P=0,003; χ2=9,3117; P=0,009]. Nos casos de hipospádia distal, foram detectadas 16 malformações associadas e, nos tipos média e proximal, foram observadas sete malformações associadas em cada uma (KW=3,322, P=0,19). O maior número de casos foi abordado cirurgicamente no intervalo entre os três e quatro anos de idade. Conclusão: A hipospádia distal foi a mais prevalente, com idade à primeira cirurgia em desacordo com o intervalo proposto para a correção da hipospádia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Aurélio Veiga Conrado, Universidade São Francisco. Hospital São Francisco na Providência de Deus, Bragança Paulista (SP), Brasil
Médico residente em Cirurgia Geral.
André Luiz Veiga Conrado, Universidade de São Paulo. Instituto de Ciências Biomédicas, São Paulo (SP), Brasil
Médico veterinário, Mestre em Ciências pela FMUSP e Doutorando do Instituto de Ciências Biomédicas.
Cibele Silva, Universidade São Francisco. Hospital São Francisco na Providência de Deus, Bragança Paulista (SP), Brasil
Médica residente em Cirurgia Geral.
Daniela Silvestre, Universidade São Francisco. Hospital São Francisco na Providência de Deus, Bragança Paulista (SP), Brasil
Cirurgiã Pediátrica.
Pedro Izzo, Universidade São Francisco. Hospital São Francisco na Providência de Deus, Bragança Paulista (SP), Brasil
Professor Mestre de Cirurgia Pediátrica, Diretor técnico do HUSF.
Publicado
2019-11-07
Como Citar
1.
Conrado MAV, Conrado ALV, Silva C, Silvestre D, Izzo P. Perfil epidemiológico da hipospádia na região Bragantina do estado de São Paulo, Brasil. Medicina (Ribeirao Preto Online) [Internet]. 7nov.2019 [citado 20nov.2019];52(3):171-7. Available from: http://www.periodicos.usp.br/rmrp/article/view/151774
Seção
Artigo Original
Bookmark and Share