Condutas no paciente com insuficiência cardíaca internado em enfermarias de medicina interna

Autores

  • Luis Fernando Joaquim Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Gustavo J. Volpe Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Alexandre B. de Figueiredo Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Julio C. Moriguti Divisão de Clínica Médica Geral e Geriatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v43i2p93-106

Palavras-chave:

Insuficiência Cardíaca. Quartos de Pacientes. Tratamento Clínico.

Resumo

A crescente prevalência da Insuficiência Cardíaca na população, e a constante má-aderência aos tratamentos propostos em nível ambulatorial, fazem com que o quadro de descompensação desta doença esteja entre as recordistas em número de internações, causando grande impacto na saúde pública do Brasil. O propósito deste estudo é o de estabelecer um protocolo de condutas a ser aplicado em pacientes com Insuficiência Cardíaca internados em enfermaria de Clínica Médica Geral, como o Hospital Estadual de Ribeirão Preto (SP, Brasil), com o objetivo de garantir a recuperação de um quadro de descompensação recente, assim como reorientar o paciente quanto à importância da aderência ao tratamento instituído. Para tanto, serão propostas a utilização e otimização de ferramentas farmacológicas, além de reintrodução de medidas não-farmacológicas, de modo que se reduza o tempo de internação,o número de recorrências, e favoreça o melhor seguimento ambulatorial destes pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luis Fernando Joaquim, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Médico Assistente da Área de Clínica Médica do Hospital Estadual de Ribeirão Preto.

Mestre em Fisiologia Cardiovascular pela Área de Fisiologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Gustavo J. Volpe, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Médico Assistente da Área de Clínica Médica do Hospital Estadual de Ribeirão Preto.

Pós-graduando da Área de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Alexandre B. de Figueiredo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Médico Assistente da Área de Clínica Médica do Hospital Estadual de Ribeirão Preto.

Mestre em Clínica Médica pela Área de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Julio C. Moriguti, Divisão de Clínica Médica Geral e Geriatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Diretor de Atividades Clínicas do Hospital Estadual de Ribeirão Preto e Professor Livre-Docente da Divisão de Clínica Médica Geral e Geriatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2010-06-30

Como Citar

1.
Joaquim LF, Volpe GJ, Figueiredo AB de, Moriguti JC. Condutas no paciente com insuficiência cardíaca internado em enfermarias de medicina interna. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30º de junho de 2010 [citado 29º de outubro de 2020];43(2):93-106. Disponível em: http://www.periodicos.usp.br/rmrp/article/view/164

Edição

Seção

Capítulos