Anticoagulação em pacientes hospitalizados

Autores

  • Diego V. Clé Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Andréa A. Garcia Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Denise M. Brunetta Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Pedro V. Schwartzmann Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Julio C. Moriguti Divisão de Clínica Médica Geral e Geriatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v43i2p107-117

Palavras-chave:

Anticoagulantes. Manejo Clínico. Pacientes Internados.

Resumo

Os eventos tromboembólicos, principalmente o tromboembolismo venoso, acrescem importante morbidade e mortalidade e representam a segunda causa mais comum de complicações em pacientes hospitalizados. A anticoagulação é o tratamento padrão nestes casos, porém frequentemente seu manejo é complexo e requer conhecimento adequado tanto da farmacologia das drogas quanto da fisiologia da coagulação.Este artigo revê alguns pontos essenciais para quem lida com esses eventos e fornece noções práticas do manejo dos antagonistas da vitamina K e dos anticoagulantes parenterais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego V. Clé, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Ex-Médico Assistente da Clínica Médica do Hospital Estadual de Ribeirão Preto.

Médico Assistente do Hemocentro de Ribeirão Preto.

Pós-graduando da Área de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Andréa A. Garcia, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Médica Assistente do Hemocentro de Ribeirão Preto.

Doutora em Clínica Médica pela Área de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Denise M. Brunetta, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Médica Assistente da Área de Clínica Médica do Hospital Estadual de Ribeirão Preto.

Médica Assistente do Hemocentro de Ribeirão Preto.

Pós-graduanda da Área de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Pedro V. Schwartzmann, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Ex-Médico Assistente da Clínica Médica do Hospital Estadual de Ribeirão Preto.

Pós-graduando da Área de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Julio C. Moriguti, Divisão de Clínica Médica Geral e Geriatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Diretor de Atividades Clínicas do Hospital Estadual de Ribeirão Preto e Professor Livre-Docente da Divisão de Clínica Médica Geral e Geriatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2010-06-30

Como Citar

1.
Clé DV, Garcia AA, Brunetta DM, Schwartzmann PV, Moriguti JC. Anticoagulação em pacientes hospitalizados. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30º de junho de 2010 [citado 29º de outubro de 2020];43(2):107-1. Disponível em: http://www.periodicos.usp.br/rmrp/article/view/165

Edição

Seção

Capítulos