Adaptação transcultural e reprodutibilidade do Measure of the Quality of the Enviroment em indivíduos com hemiparesia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v27i1p42-51

Palavras-chave:

Acidente vascular cerebral, Questionário, Ambiente, Reprodutibilidade dos testes, Inquéritos e questionários, Meio ambiente.

Resumo

A funcionalidade sofre a influência de aspectos relacionados à condição de saúde, bem como de fatores ambientais. Dentre os questionários que mensuram o impacto de fatores ambientais na funcionalidade, o Measure of the Quality of the Environment (MQE) é comumente utilizado. O objetivo deste estudo foi adaptar transculturalmente o MQE para o português-Brasil e avaliar sua reprodutibilidade. Após adaptação transcultural, o MQE foi aplicado em 28 indivíduos pós-AVE, duas vezes, com intervalo de sete a 10 dias. Foram calculados os coeficientes Kappa ponderado e de correlação intraclasse (CCI) para avaliação da confiabilidade teste-reteste. Os limites de concordância foram verificados por meio do gráfico Bland-Altman. Foram também calculados o erro padrão de medida (EPM) e a diferença mínima detectável (DMD). Os resultados mostraram que 81% dos itens apresentaram confiabilidade moderada a quase perfeita, e que os escores totais de facilitador e barreira apresentaram alta confiabilidade (ICC>0,71). Não foram observados erros sistemáticos entre o teste e o reteste e os valores EPM foram aceitáveis, sendo possível detectar mudança real da percepção dos fatores ambientais ao longo do tempo. O MQE-Brasil apresentou potencial para utilização na prática clínica e em pesquisas científicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Iza de Faria-Fortini, Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Terapeuta Ocupacional, mestre em Ciências da Reabilitação, especialista em Terapia Ocupacional - ênfase em Gerontologia e Reabilitação Cognitiva.

Marluce Lopes Basílio, Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós Graduação em Ciências da Reabilitação

Fisioterapeuta, mestre em Ciências da Reabilitação.

Luci Fuscaldi Teixeira-Salmela, Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós Graduação em Ciências da Reabilitação

Fisioterapeuta, professora titular Departamento de Fisioterapia - Universidade Federal de Minas Gerais.

Publicado

2016-07-01

Como Citar

Faria-Fortini, I. de, Basílio, M. L., Assumpção, F. S. N., & Teixeira-Salmela, L. F. (2016). Adaptação transcultural e reprodutibilidade do Measure of the Quality of the Enviroment em indivíduos com hemiparesia. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 27(1), 42-51. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v27i1p42-51

Edição

Seção

Artigo Original