O retorno ao trabalho na perspectiva de terapeutas ocupacionais: facilitadores e barreiras

  • Talita Naiara Rossi da Silva Universidade Federal de Minas Gerais
  • Gisele Beatriz Oliveira Alves Universidade Federal de Minas Gerais
  • Marcella Guimarães Assis Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Saúde do trabalhador, Retorno ao trabalho, Terapia ocupacional, Previdência social.

Resumo

Este estudo tem como objetivo compreender as percepções dos terapeutas ocupacionais em relação aos fatores facilitadores e as barreiras para o retorno ao trabalho. Fundamentase na abordagem qualitativa. Participaram cinco terapeutas ocupacionais que atuam no Instituto Nacional de Seguro Social da Região Metropolitana de Belo Horizonte. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário online. As respostas foram analisadas a partir da análise de conteúdo da qual emergiram três categorias temáticas: Segurados: aspectos pessoais e interrelacionais; Empresas e INSS: fatores organizacionais e recursos humanos; e Políticas Públicas: capacitação e contratação de trabalhadores. Os resultados apontaram entre os facilitadores para o retorno ao trabalho a motivação dos trabalhadores, a qualificação, a integração entre INSS e as empresas, e as políticas que apoiam a capacitação. Como barreiras foram reveladas as experiências profissionais restritas, a desarticulação entre as áreas do INSS, o desinteresse das empresas para adaptar situações de trabalho e a descontinuidade dos recursos para a Reabilitação Profissional. O retorno ao trabalho é um processo multifatorial e requer a atuação de diferentes atores sociais na transformação do trabalho para potencializar os facilitadores e modificar as barreiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Talita Naiara Rossi da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais
Departamento de Terapia Ocupacional. Áreas de interesse: Saúde do Trabalhador, Ergonomia e Acessibilidade.
Publicado
2016-08-17
Como Citar
Rossi da Silva, T., Oliveira Alves, G., & Assis, M. (2016). O retorno ao trabalho na perspectiva de terapeutas ocupacionais: facilitadores e barreiras. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 27(2), 116-122. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v27i2p116-122
Seção
Artigo Original