Adaptação transcultural do Questionário ABILHAND específico para indivíduos pós-acidente vascular encefálico

  • Marluce Lopes Basílio Universidade Federal de Minas Gerais
  • Iza Faria-Fortini Universidade Federal de Minas Gerais, Hospital das Clínicas
  • Fernanda Sabine Nunes Assumpção Sistema Único de Saúde, Centro de Reabilitação Noroeste
  • Augusto Cesinando Carvalho Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Departamento de Fisioterapia
  • Luci Fuscaldi Teixeira-Salmela Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Fisioterapia
Palavras-chave: Acidente vascular cerebral, Questionário, Extremidade superior, Atividades cotidianas.

Resumo

Introdução: O ABILHAND, específico para indivíduos pós-Acidente Vascular Encefálico (AVE), é um questionário para avaliação de habilidade manual e foi construído baseado no modelo Rasch de mensuração, que permite converter escores ordinais em medidas lineares. Objetivo: Adaptar transculturalmente o ABILHAND para uso no Brasil. Método: O processo de adaptação transcultural seguiu procedimentos padronizados: tradução inicial, síntese das traduções, retrotradução, comitê de especialistas e teste da versão pré-final, para o qual foram recrutados 10 indivíduos. Resultados: A comparação entre a versão original e a retrotraduzida demonstrou boa equivalência entre as versões. O comitê de especialistas adequou a descrição dos itens às regras gramaticais da língua portuguesa e acrescentou uma expressão em um item, para melhorar a equivalência conceitual. No teste da versão pré-final, não foram observadas dificuldades de compreensão durante a aplicação do questionário. Conclusão: O ABILHAND-Brasil apresentou satisfatório grau de equivalência semântica, idiomática, cultural e conceitual. Os resultados desse estudo viabilizam o uso do ABILHAND no Brasil, que pode se constituir em uma boa opção para se avaliar o desempenho de indivíduos pós-AVE em atividades manuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-06-08
Como Citar
Basílio, M., Faria-Fortini, I., Assumpção, F. S., Carvalho, A., & Teixeira-Salmela, L. (2017). Adaptação transcultural do Questionário ABILHAND específico para indivíduos pós-acidente vascular encefálico. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 28(1), 19-26. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v28i1p19-26
Seção
Artigo Original