Prática centrada no cliente na reabilitação: definição, instrumentos e desafios

  • Daniela Virgínia Vaz Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Fisioterapia
  • Luísa Graziella Jubilini Universidade Federal de Minas Gerais
  • Letícia Costa Queiroz Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Planejamento de assistência ao paciente, Reabilitação, Revisão.

Resumo

Introdução: Na reabilitação, a habilidade do paciente em lidar com a sua condição de saúde e tomar decisões, sua motivação e sua adesão, são determinantes para os desfechos terapêuticos. A prática centrada no cliente (PCC) reconhece e promove a centralidade dos interesses de pacientes e por isso seu conhecimento é fundamental para o avanço da reabilitação. Objetivos: i) identificar os fundamentos da PCC, ii) descrever instrumentos para sua implementação, iii) registrar resultados da PCC, e iv) analisar as principais dificuldades e benefícios da PCC. Método: Revisão narrativa a partir de bancos de dados e cruzamento de referências. Resultados: segundo estudos revisados, a PCC é uma abordagem clínica colaborativa e empoderadora do paciente, que reconhece-o no centro do processo decisório, aumentando a adequação do cuidado. Diferentes instrumentos simples podem ser imediatamente adotados na clínica. Ainda poucos estudos documentam resultados da PCC na reabilitação. Para implantação da PCC é necessário vencer desafios no nível individual de terapeutas e pacientes e no nível institucional de serviços de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Virgínia Vaz, Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Fisioterapia
Professora Adjunta do Departamento de Fisioterapia da UFMG
Luísa Graziella Jubilini, Universidade Federal de Minas Gerais
Bacharel em Fisioterapia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Letícia Costa Queiroz, Universidade Federal de Minas Gerais
Bacharel em Fisioterapia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Publicado
2017-06-08
Como Citar
Vaz, D., Jubilini, L., & Queiroz, L. (2017). Prática centrada no cliente na reabilitação: definição, instrumentos e desafios. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 28(1), 122-127. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v28i1p122-127
Seção
Artigo de Atualização