Desenvolvimento e avaliação de jogo eletrônico interativo para o processo de aprendizagem do tratamento de crianças e adolescentes com distrofia muscular de Duchenne

  • Adriana Nathalie Klein Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
  • Michele Emy Hukuda Universidade de São Paulo - USP
  • Ana Grasielle Dionísio Corrêa Universidade de São Paulo - USP
  • Irene Karaguilla Ficheman Universidade de São Paulo - USP
  • Roseli Deus Lopes Universidade de São Paulo - USP
Palavras-chave: Distrofia muscular de Duchenne/reabilitação, Educação em saúde, Fisioterapia, Terapia ocupacional, Jogos experimentais.

Resumo

O trabalho visa apresentar o processo de desenvolvimento e avaliação de um jogo eletrônico interativo criado para favorecer a construção de conhecimento sobre o programa de reabilitação de crianças e adolescentes com Distrofia Muscular de Duchenne (DMD). A coleta de dados do conteúdo do jogo foi feita por brainstorms com equipe multidisciplinar de profissionais da saúde (fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais) e pacientes com DMD. Os dados foram analisados e separados em três categorias: genética, fisiopatologia e programas de alongamento. Transformou-se essas informações em storyboard e realizou-se a programação e execução do jogo feitas por uma equipe de engenheiros. Por fim, o jogo eletrônico foi testado por pacientes com DMD por meio de um questionário pré-pós-jogo. Os resultados demonstraram aumento no repertório relacionado à reabilitação pré-adquirido e pós-jogo. O jogo eletrônico interativo DuchsVille foi criado, avaliado e pode ser utilizado como uma ferramenta de tecnologia de informação aplicável para favorecer processos de ensino e aprendizagem sobre aspectos de reabilitação na DMD, aproximando o diálogo da lógica técnico-científica dos profissionais da saúde da lógica do senso comum da população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Nathalie Klein, Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
Terapeuta Ocupacional graduada pela UFSCar, Mestre em Ciências da Saúde pela UNIFESP, Especialista em Doenças Reumáticas, Neuromusculares, Terapia de mão pela UNIFESP e Tecnologia Assistiva pela UFMABC.
Michele Emy Hukuda, Universidade de São Paulo - USP
Fisioterapeuta graduada pela Universidade Metodista Doutoranda e mestre em Ciências da Reabilitação pela Faculdade de Medicina da USP. Possui especialização em Intervenção em Neuropedria pela Universidade Federal de São Carlos(UFSCar) e em Doenças Neuromusculares pela Universidade Federal de São Paulo(UNIFESP).
Ana Grasielle Dionísio Corrêa, Universidade de São Paulo - USP

Engenheira graduada pela Universidade Católica Dom Bosco, mestre e doutora em engenharia elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

Irene Karaguilla Ficheman, Universidade de São Paulo - USP
Graduada em Matemática e Ciência da Computação pela Universidade de Tel-Aviv, mestre e doutora em engenharia elétrica pela Universidade de São Paulo.
Roseli Deus Lopes, Universidade de São Paulo - USP

Engenheira Elétrica graduada pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, mestre, doutora e livre docente em Engenharia Elétrica pela EP-USP.

Publicado
2015-09-04
Como Citar
Klein, A., Hukuda, M., Corrêa, A. G., Ficheman, I., & Lopes, R. (2015). Desenvolvimento e avaliação de jogo eletrônico interativo para o processo de aprendizagem do tratamento de crianças e adolescentes com distrofia muscular de Duchenne. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 26(2), 281-287. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v26i2p281-287
Seção
Relatos sobre projetos e experiências