O brincar de crianças com deficiência física: contribuição da terapia ocupacional

Autores

  • Brenda Antunes de Figueiredo Universidade Federal da Paraíba
  • Daniele da Silva Souza Universidade Federal da Paraiba
  • Ângela Cristina Dornelas da Silva Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v27i1p29-35

Palavras-chave:

Terapia ocupacional, Brincar, Desenvolvimento infantil, Deficiência física, Jogos e brinquedos, Pessoas com deficiência.

Resumo

O estudo objetivou investigar as contribuições da Terapia Ocupacional para a promoção do brincar de crianças com deficiência física a partir da perspectiva dos pais. A pesquisa, de abordagem qualitativa, foi desenvolvida no período de outubro a novembro de 2014. As informações foram coletadas por meio de entrevista com o pai ou mãe de crianças com deficiência física. Por meio da análise de conteúdo observou-se que os pais passaram a valorizar o brincar no cotidiano das crianças após as orientações dos terapeutas ocupacionais, reconhecendo a sua importância para o desenvolvimento e evolução do tratamento da criança. Os pais perceberam que a Terapia Ocupacional criou possibilidades para o brincar da criança em casa e que isto contribuiu para uma maior interação familiar. Os resultados sugerem que mesmo quando os terapeutas orientam o brincar com objetivo de melhorar habilidades das crianças, eles contribuem para que esta ocupação faça parte do cotidiano familiar, possibilitando uma maior interação entre os entes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Brenda Antunes de Figueiredo, Universidade Federal da Paraíba

Aluna do Curso de graduaçao em Terapia Ocupacional da UFPB; Aluna voluntária do Programa Institucional de Iniciaçao Científica- PIVIC

Daniele da Silva Souza, Universidade Federal da Paraiba

Aluna do Curso de graduaçao em Terapia Ocupacional da UFPB; Aluna voluntária do Programa Institucional de Iniciaçao Científica- PIVIC

Ângela Cristina Dornelas da Silva, Universidade Federal da Paraíba

Terapeuta Ocupacional, Docente do Departamento de Terapia Ocupacional/ UFPB. Mestre em Ciências da Saúde. Doutora em Saúde Pública.

Downloads

Publicado

2016-07-01

Como Citar

Figueiredo, B. A. de, Souza, D. da S., & Silva, Ângela C. D. da. (2016). O brincar de crianças com deficiência física: contribuição da terapia ocupacional. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 27(1), 29-35. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v27i1p29-35

Edição

Seção

Artigo Original