Do Açougue à Academia

estetização e vigilância na Academia da Carne da Friboi

  • Izabela Domingues Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Comunicação, Estetização, Vigilância, Academia da Carne

Resumo

Este artigo visa a compreender como a publicidade contemporânea vem se utilizando de campanhas híbridas e articulando recursos como o mobile marketing, o branded content, as mídias sociais e a captura de dados pessoais para melhor promover as marcas e envolver os neoconsumidores multicanais, digitais e globais. Busca perceber como essas mídias e linguagens são articuladas com estratégias e táticas cada vez mais estetizadas num contexto de ampliação da estetização do mundo e neotribalização. Para tanto, utiliza a metodologia qualitativa e a técnica de estudo de caso, tendo como objeto a plataforma Academia da Carne da Friboi. Além de apontar para a estetização de um setor historicamente comoditizado, o caso analisado nos permite pensar como a publicidade, cada vez mais hibridizada com o entretenimento e os conteúdos facilmente acessáveis nas mídias digitais, vem favorecendo a vigilância exercida sobre os dados e rastros digitais dos consumidores num “mercado de dados pessoais” fortemente ampliado na última década.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Izabela Domingues, Universidade Federal de Pernambuco

Professora permanente e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPE. Professora adjunta do Núcleo de Design e Comunicação da UFPE-campus Agreste. Doutora e mestre em Comunicação Social pela UFPE. Integra a Rede Latinoamericana de Estudos em Vigilância, Tecnologia e Sociedade – Lavits (Unicamp/CNPq), o grupo de pesquisa Publicidade nas Novas Mídias e Narrativas do Consumo e o Grupo de Estudos de Consumo de Moda (UFPE/CNPq).

Publicado
2019-07-31