A fantasia enquanto ritual e apelo publicitário: uma proposta de análise intertextual

  • Susana Silva
  • Rui Torres Universidade Fernando Pessoa
Palavras-chave: publicidade, fantasia, intertextualidade

Resumo

Este artigo aborda a fantasia enquanto uma dimensão de evasão para onde o indivíduo se projecta, através da promessa idílica do consumo feita pela publicidade. A análise de alguns anúncios demonstra de que forma a intertextualidade surge como uma estratégia privilegiada que convoca o leitor ao texto publicitário, remetendo-o para um universo de referências e textos inscritos na sua memória e na sua cultura, estimulando a imaginação e o despertar da fantasia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Susana Silva
Mestre em Ciências da Comunicação – ramo de Marketing e Publicidade, pela Universidade Fernando Pessoa.
Rui Torres, Universidade Fernando Pessoa
Professor Associado da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Fernando Pessoa, Porto. Investigador do CECLICO – Centro de Estudos Culturais, da Linguagem e do Comportamento.
Publicado
2011-06-16