Resenha: Elegía Apu Inka Atawallpaman. Primer documento de la resistencia Inka (siglo XVI)

Autores

  • Roseli Barros Cunha Doutora pela FFLCH/USP (2005), professora-adjunta da DLE/UFC

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v25i0p297-301

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roseli Barros Cunha, Doutora pela FFLCH/USP (2005), professora-adjunta da DLE/UFC

Doutora (2005) e Mestre (1999) em Letras pela Universidade de São Paulo. Professora-adjunta do Departamento de Letras Estrangeiras e dos programas de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (POET) e de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal do Ceará (UFC). Tradutora de Terra sem Mapa (2008), de Ángel Rama e autora de Transculturación narrativa: seu percurso na obra crítica de Ángel Rama (2007), entre outros artigos sobre literatura, tradução e cultura. Criadora e coordenadora do GELTTE/UFC/CNPq (Grupo de Estudos de Literatura, Tradução e suas Teorias).

Downloads

Publicado

2015-06-02

Como Citar

Cunha, R. B. (2015). Resenha: Elegía Apu Inka Atawallpaman. Primer documento de la resistencia Inka (siglo XVI). Tradterm, 25, 297-301. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v25i0p297-301

Edição

Seção

Resenhas