A questão da metalinguagem em uma disciplina de introdução aos estudos da tradução: uma proposta de unidade didática

Autores

  • Filipe Mendes Neckel Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v26i0p57-86

Palavras-chave:

Didática de tradução, tarefas de tradução, objetivos de aprendizagem, metalinguagem, desenho de material didático.

Resumo

Este trabalho visa apresentar brevemente uma proposta de ensino de metalinguagem de tradução para um curso de Letras. O objetivo dessa proposta é ressaltar a relevância, para o aprendiz de tradução, da linguagem especializada referente à disciplina que está estudando. Utiliza-se como aporte teórico o conceito de tradução e de competência tradutória desenvolvidos por Amparo Hurtado Albir. Uma abordagem baseada em tarefas de tradução (HURTADO ALBIR 1999) é utilizada na construção da Unidade Didática apresentada.Também utiliza-se a abordagem por objetivos de aprendizagem, desenvolvida por Jean Delisle (1993) que prevê o ensino da metalinguagem como ponto de partida em um curso introdutório de tradução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Filipe Mendes Neckel, Universidade Federal de Santa Catarina

É bacharel em Letras Alemão – Português pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), graduado em 2007, possui mestrado pela Universidade Federal de Santa Catarina, no Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (PGET), onde realizou uma tradução comentada da obra de Jirí Levý – Die literarische Übersetzung: Theorie einer Kunstgattung. Atualmente faz doutorado no mesmo programa, trabalhando com didática de tradução, com foco no ensino da metalinguagem da tradução em um curso de Introdução aos Estudos da Tradução.

Downloads

Publicado

2015-12-29

Como Citar

Neckel, F. M. (2015). A questão da metalinguagem em uma disciplina de introdução aos estudos da tradução: uma proposta de unidade didática. Tradterm, 26, 57-86. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v26i0p57-86

Edição

Seção

Artigos