A atividade tradutória de obras da literatura infantil aplicada ao ensino de língua estrangeira

Autores

  • Valdecy de Oliveira Pontes Universidade Federal do Ceará
  • Natália Sampaio Alencar Lima Universidade Federal do Ceará
  • Simone Lopes Almeida Nunes Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v26i0p193-222

Palavras-chave:

Alice, Pinocchio, cultura, ensino de língua estrangeira, tradução pedagógica.

Resumo

O uso da tradução já passou por diversas mudanças referentes ao ensino de língua estrangeira (LE), de elemento fundamental na abordagem Gramática-Tradução à sua exclusão por completo com a Abordagem Direta. Atualmente, ela volta lentamente a ganhar espaço em sala de aula. A tradução como ferramenta pedagógica, ou seja, quando o professor a utiliza para verificar e reforçar a aprendizagem, é de grande valia e, quando contextualizada com elementos socioculturais, torna-se mais significativa e eficaz, além de contribuir para formação da identidade cultural do indivíduo, bem como para o aprimoramento do conhecimento da língua materna. Dessa forma, propomos nesse artigo atividades tradutórias que utilizam por base dois clássicos da literatura mundial: Alice’s Adventures in Wonderland (1865) e Le Avventure di Pinocchio (1883) com intuito de aproximar o aluno não apenas da língua, mas, também, da cultura da qual ela faz parte. Para tanto, apoiar-nos-emos, principalmente, nas propostas de Balboni (2011), Romanelli (2009), Hurtado Albir (1998), Atkinson (1993). As atividades tradutórias serão realizadas com alunos da Graduação de Letras dos cursos de língua inglesa e língua italiana com níveis C1 a C2 (Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas) em duas aulas de 1 hora e 30 minutos de duração. Em grupos, os estudantes traduzirão partes das obras originais e apresentariam suas versões em sala de aula, onde o professor seria encarregado de apresentar-lhes os elementos socioculturais ali existentes, além de uma ou mais versões da obra traduzida para o português para que lhes fossem mostrado como é possível haver várias leituras e traduções a partir de um único texto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valdecy de Oliveira Pontes, Universidade Federal do Ceará

Pós-Doutorado em Estudos da Tradução - UFSC e Doutorado em Linguística – UFC; professor do Departamento de Letras Estrangeiras e do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução da Universidade Federal do Ceará – UFC. Líder dos Grupos de pesquisa SOCIOLIN-LE/UFC/CNPq e TRAFE/UFC/CNPq.

Natália Sampaio Alencar Lima, Universidade Federal do Ceará

Mestranda na Pós-Graduação em Estudos da Tradução (UFC). Possui graduação em Letras Português - Inglês pela Universidade Federal do Ceará (2008).

Simone Lopes Almeida Nunes, Universidade Federal do Ceará

Mestranda na Pós-Graduação em Estudos da Tradução (UFC). Possui Especialização em Estudos de Tradução (2011) e Graduação em Letras com habilitação em Português e Italiano pela Universidade Federal do Ceará (2004).

Downloads

Publicado

2015-12-29

Como Citar

Pontes, V. de O., Lima, N. S. A., & Nunes, S. L. A. (2015). A atividade tradutória de obras da literatura infantil aplicada ao ensino de língua estrangeira. Tradterm, 26, 193-222. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v26i0p193-222

Edição

Seção

Artigos