Fraseologias de gênero em resumos científicos de Linguística, Engenharia de Materiais e Ciências Econômicas

Autores

  • Cristiane Krause Kilian Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada
  • Sandra Dias Loguercio Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Departamento de Línguas Modernas,

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v26i0p241-267

Palavras-chave:

Fraseologia, Linguística de Corpus, gêneros acadêmicos, resumo

Resumo

Neste trabalho, apresentamos um estudo sobre as fraseologias empregadas em resumos de artigos científicos em português nas áreas de Linguística, Engenharia de Materiais e Economia. Investigamos as fraseologias utilizadas que não estão vinculadas a uma temática específica, mas que são típicas do gênero científico, as quais denominamos fraseologias de gênero. Dois tipos de procedimentos são utilizados: uma análise das partes essenciais da macroestrutura, que são identificadas com funções; e o uso de processamento automático da linguagem. A partir das palavras metacientíficas mais frequentes nos corpora, buscamos as combinatórias recorrentes, estas são então agrupadas em torno da função informativa que desempenham no texto. As fraseologias selecionadas não se configuram como expressões fixas, mas apresentam uma estabilidade relativa, e são, em sua maioria, comuns às três áreas estudadas. Os resultados encontrados apontam para certas diferenças em relação aos modos de dizer de cada área, o que deve ser levado em conta na produção dos textos e na elaboração de material didático destinado ao desenvolvimento de habilidades e competências de leitura e produção textual no contexto acadêmico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Krause Kilian, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada

Possui graduação e mestrado em Filologia Germânica e Filologia Românica pela Universidade Georg-August Göttingen - Alemanha (1998) e doutorado em Teorias do Texto e do Discurso pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007). Realizou estágio pós-doutoral (2012-2013) junto ao Termisul (UFRGS), desenvolvendo o “Projeto combinatórias léxicas especializadas da linguagem legal, normativa e científica: língua alemã”. É tradutora pública e intérprete comercial pelo Tribunal Regional de Göttingen - Alemanha e pela Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Sul para as línguas portuguesa e alemã. Atualmente é bolsista DTI1 – FAPERGS/CAPES, junto à Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Atua também como editora do Periódico “Debate Terminológico”, vinculado à Rede Ibero-americana de Terminologia.

Sandra Dias Loguercio, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Departamento de Línguas Modernas,

Doutora em Ciências da Linguagem pela Université Sorbonne Nouvelle (Paris III), Mestre em Teorias do Texto e do Discurso e Bacharel em Letras Português-Francês pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É professora do Departamento de Línguas Modernas do Instituto de Letras da UFRGS, onde ministra disciplinas de língua francesa e tradução para os cursos de Licenciatura e Bacharelado. Como pesquisadora, integra o grupo Termisul (UFRGS) e desenvolve trabalhos em lexicologia, lexicografia pedagógica, tradução, leitura e produção textual em português/francês, ensino a distância e ensino de FLE na escola. Também coordena atualmente o projeto PIBID/Francês da UFRGS

Downloads

Publicado

2015-12-29

Como Citar

Kilian, C. K., & Loguercio, S. D. (2015). Fraseologias de gênero em resumos científicos de Linguística, Engenharia de Materiais e Ciências Econômicas. Tradterm, 26, 241-267. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v26i0p241-267

Edição

Seção

Artigos