Dois verbos e duas medidas: comparando tratamentos lexicográficos de verbi procomplementari e phrasal verbs em dicionários bilíngues

Autores

  • Roseli Dornelles dos Santos Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Programa de Língua, literatura e cultura italianas
  • Paola Giustina Baccin Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v26i0p291-313

Palavras-chave:

Verbi procomplementari, Phrasal verbs, lexicografia bilíngue, lexicografia pedagógica.

Resumo

O objetivo deste trabalho é a caracterização dos verbi procomplementari (VPs) da língua italiana e a análise do tratamento lexicográfico recebido por dois VPs em três dicionários bilíngues italiano-português. Comparamos os VPs com os phrasalverbs (PhVs) da língua inglesa em relação às suas características e, sobretudo, ao tratamento lexicográfico recebido por dois PhVs em três dicionários bilíngues inglês-português. Além disso, discutimos a função e tipologia de dicionários bilíngues, especialmente os de língua italiana, e a relação de escolhas lexicográficas distintas concernentes às duas tipologias verbais aqui estudadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roseli Dornelles dos Santos, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Programa de Língua, literatura e cultura italianas

É doutoranda no programa de Língua, Literatura e Cultura Italiana da FFLCHUSP. Mestre pela mesma universidade com a dissertação “Echi se ne frega? Análise, reflexões e propostas para o tratamento lexicográfico de verbos italianos conjugados com mais de uma partícula pronominal”, desenvolve pesquisas na área de lexicografia bilíngue. É tradutora e revisora desde 2006 no par de línguas italiano-português, com aproximadamente 28 obras publicadas. É uma das administradoras da TradWiki, A Enciclopédia da Tradução.

Paola Giustina Baccin, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

É docente de língua italiana no curso de Letras FFLCH-USP, doutora em Filologia e Língua Portuguesa pela USP. Em sua tese de livre-docência estudou a presença da componente cultural no léxico. Recentemente publicou dois capítulos de livros: "Paeseche vai, casa chetrovi" aspectos culturais entre Brasil e Itália. In: TORQUATO, C. P.; ROMANELLI, S. (Orgs.). Estudos Italianistas: ensino e aprendizagem da língua italiana no Brasil. 1ª ed. Chapecó, 2014: Argos, 2014 e "Developing Intercultural Awareness an Ongoing Challenge in Foreign Language Teaching". In: Piotr Romanowski. (Org.). Developing Intercultural Awareness an Ongoing Challenge in Foreign Language Teaching. 27 ed. Varsóvia: InstytutuKomunikacjiSpecjalistycznej i Interkulturowej, 2014: 8-21. É coordenadora do projeto Dire, fare, Partire!, material didático online para brasileiros.

Downloads

Publicado

2015-12-29

Como Citar

Santos, R. D. dos, & Baccin, P. G. (2015). Dois verbos e duas medidas: comparando tratamentos lexicográficos de verbi procomplementari e phrasal verbs em dicionários bilíngues. Tradterm, 26, 291-313. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v26i0p291-313

Edição

Seção

Artigos