As traduções dos nomes próprios nas histórias em quadrinhos: um estudo de caso das tiras de Mafalda, de Quino

Autores

  • Bárbara Zocal da Silva

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v27i0p155-179

Palavras-chave:

Tradução de nomes próprios, tradução de histórias em quadrinhos, modalidades de tradução

Resumo

Os nomes próprios têm como principal função identificar um referente. A tradução desses nomes envolve certas convenções literárias próprias de cada língua e existem muitos procedimentos possíveis dos quais os tradutores podem se valer para realizá-la. Dependerá do valor não ficcional – nomes que não acrescentam um significado por si só, embora possam conter um valor conativo ou fazer associações determinadas (González; González 1991) – e ficcional – quando o valor informativo do nome é tido como intencional, sendo considerado inclusive como descritivo (Nord 2003). A partir dessa discussão, o presente artigo descreve quais as práticas recorrentes na tradução dos nomes próprios em histórias em quadrinhos e identifica qual o referente priorizado nas três traduções brasileiras das tiras de Mafalda, de Quino.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bárbara Zocal da Silva

Mestra em Língua Espanhola e Literaturas Espanhola e Hispano-americana pela Universidade de São Paulo (USP), na linha de pesquisa Estudos tradutológicos, comparados e de processos interculturais, e Bacharel em Letras com Habilitação de Tradutora pela Universidade Estadual Paulista (UNESP / São José do Rio Preto). Tradutora, pesquisadora e escritora. Realiza pesquisas que abrangem as seguintes áreas: Estudos da Tradução entre o par linguístico português e espanhol, História e Historiografia da tradução e de seus agentes (editoras, editores e tradutores), e Tradução de textos multimodais, como tradução de histórias em quadrinhos. Publicações relevantes: Estudos tradutológicos: primeiros passos (2016), As tiras de Mafalda no Brasil: tradutores e traduções (2015) e As traduções da Mafalda no Brasil: que história é essa? (2013). 

Downloads

Publicado

2016-10-04

Como Citar

Silva, B. Z. da. (2016). As traduções dos nomes próprios nas histórias em quadrinhos: um estudo de caso das tiras de Mafalda, de Quino. Tradterm, 27, 155-179. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v27i0p155-179