E por falar em poesia: especificidades tradutórias da lírica de Maiakóvski

Autores

  • Letícia Mei Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v28i0p165-179

Palavras-chave:

Maiakóvski, Nuvem de calças, tradução de poesia

Resumo

O presente artigo propõe a tradução poética de “Tetráptico”, prólogo do poema “Nuvem de Calças” (1914-1915), de Vladímir V. Maiakóvski, num esforço de proporcionar ao leitor brasileiro a experiência estética de uma poesia na qual som e sentido fundem-se de modo eloquente. A tradução integral e direta do russo para o português brasileiro é inédita no Brasil, e pretende ampliar, em nosso país, a difusão da obra lírica de um dos mais importantes poetas russos. À luz do arcabouço teórico de tradutores consagrados, tais como Boris Schnaiderman, Mário Laranjeira, Paulo Henriques Britto dentre outros, o objetivo é demonstrar como a teoria caminha lado a lado com a prática para que se obtenha um objeto poético autônomo em língua portuguesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Mei, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil.

Mestra em Literatura e Cultura Russa pela Universidade de São Paulo. Doutoranda do mesmo programa, pesquisa atualmente os poemas líricos longos de Maiakóvski e sua tradução poética.

Downloads

Publicado

2017-01-24

Como Citar

Mei, L. (2017). E por falar em poesia: especificidades tradutórias da lírica de Maiakóvski. Tradterm, 28, 165-179. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v28i0p165-179