O "padrão" poundiano

Autores

  • Alípio Correia Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v28i0p364-380

Palavras-chave:

abordagem poundiana, reescrita, Ezra Pound

Resumo

Este artigo examina aspectos da abordagem poundiana de tradução poética como apresentada em suas famosas traduções de “The Seaferer”, “Homage to Sextus Propertius” e Cathay. A tentativa aqui é a de rastrear a evidência das ideias de Pound sobre seus experimentos com reescrita e reinterpretação de textos antigos como personae, ou extensões de seu próprio trabalho poético. Também se examina neste trabalho as estratégias tradutórias do autor nos termos de suas visões peculiares a respeito da relação entre mito e tradução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alípio Correia, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil.

Pós-doutorando em Teoria da Tradução pela Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2017-01-24

Como Citar

Correia, A. (2017). O "padrão" poundiano. Tradterm, 28, 364-380. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v28i0p364-380