Contos de ferrovias de Dmítri Bykov: tradução e intertexto

Autores

  • Eloah Pereira Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil.
  • Elena Vássina Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v28i0p202-212

Palavras-chave:

Dmítri Bykov, literatura russa contemporânea, teorias da tradução

Resumo

Ao falarmos de literatura russa contemporânea adentramos em um universo ainda pouco explorado no Brasil. Em relação aos autores mais recentes, pouquíssimos foram traduzidos, publicados ou comentados em português. Dmítri Bykov é um desses autores russos contemporâneos inéditos nas pesquisas brasileiras. Bastante múltiplo, é considerado por críticos como pós-modernista mainstream. Este artigo busca, então, ao apresentá-lo e expor algumas características da obra Contos de ferrovias (ЖД-Рассказы, 2007), investigar quais mecanismos e teorias de tradução podem levar o leitor brasileiro à compreensão não só do texto literário em si, mas do intertexto imanente e contexto da Rússia atual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eloah Pereira, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil.

Bacharel em Letras Português-Russo pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, atualmente é pós-graduanda do programa de Literatura e Cultura Russa da mesma instituição, orientada pela Prof. Elena Vássina. 

Elena Vássina, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil.

Professora doutora do Programa de Pós-Graduação em Literatura e Cultura Russa do DLO/FFLCH da Universidade de São Paulo.

Downloads

Como Citar

Pereira, E., & Vássina, E. (2016). Contos de ferrovias de Dmítri Bykov: tradução e intertexto. Tradterm, 28, 202-212. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v28i0p202-212