“Divertidamente”e a análise comparativa das escolhas tradutórias na legendagem sob o prisma de Umberto Eco

Autores

  • Luísa da Silva Universidade Federal de Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, Brasil
  • Carla Cristina Fernandez Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v30i30p130-158

Palavras-chave:

Tradução como Negociação, Tradução audiovisual, Legendagem, Umberto Eco.

Resumo

Para o presente estudo, tomamos como parâmetro teórico as discussões de Umberto Eco na obra Quase a mesma coisa (2011) no que diz respeito ao que o autor chama de “perdas e compensações” da tradução e “violação da referência”, problematizando os efeitos positivos e negativos que o uso desses termos oferece aos estudos descritivos da tradução.  Dessa forma, aplicamos os conceitos e as discussões de Eco (2011) no corpus audiovisual selecionado: as legendas do filme de animação “Inside Out” (em inglês estadunidense) e suas três versões: “Divertidamente” (em português brasileiro), “Del revés” (em espanhol castelhano) e “Intensamente” (em espanhol latino). Por meio do estudo comparativo entre as quatro amostras de língua, nosso objetivo é descrever e analisar as escolhas tradutórias de cada versão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luísa da Silva, Universidade Federal de Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, Brasil

Professora de Língua Espanhola/UERJ e Doutoranda em Estudos da Tradução/UFRJ.

Carla Cristina Fernandez, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, Brasil.

Mestre em Letras Neolatinas/UFRJ

Downloads

Publicado

2017-12-20

Como Citar

Silva, L. da, & Fernandez, C. C. (2017). “Divertidamente”e a análise comparativa das escolhas tradutórias na legendagem sob o prisma de Umberto Eco. Tradterm, 30, 130-158. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v30i30p130-158

Edição

Seção

Artigos