Terminologia, cognição e sociedade: análise dos processos de terminologização e de neologia que caracterizam as denominações da área de Educação do Campo

Autores

  • Fernanda Mello Demai Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza –Ceeteps –São Paulo, SP, Brasi

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v35i0p5-24

Palavras-chave:

Terminologia, Terminologização, Neologia, Educação do Campo, Cognição, Análise Conceitual

Resumo

Nossa área-alvo é a Educação do Campo, expressão atribuída aos conceitos referentes ao ensino, à aprendizagem e à Educação nas regiões rurais, em que os principais atores são participantes de Movimentos Sociais do Campo. Discutiremos aspectos da configuração semântico-pragmática e dos processos de terminologização, de neologia e de cognição que caracterizam a área-alvo, com ênfase em subprocessos relacionados a composição sintagmática combinada com isolamentos semânticos metafóricos e/ ou metonímicos e/ ou de especificação de domínio. O corpus é constituído por textos legais, de divulgação, pedagógicos e acadêmicos; sua periodicidade é de 2000 a 2010. Seguimos as Teorias Sociocognitiva e Comunicativa da Terminologia, valorizando aspectos cognitivos e comunicativos dos termos, sua contextualização linguística, discursiva, pragmática, sociocultural e histórica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Mello Demai, Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza –Ceeteps –São Paulo, SP, Brasi

Fernanda Mello Demai possui Graduação (Bacharelado e Licenciatura) em Letras - Língua Portuguesa e Linguística - pela Universidade de São Paulo - São Paulo - Brasil (2003/ 2004); Mestrado em Linguística (Semiótica e Linguística Geral - Lexicologia e Terminologia - 2006) e Doutorado em Letras (Filologia e Língua Portuguesa - Lexicologia e Terminologia do Português - 2014), pela mesma Universidade. É Professora do Ensino Superior e do Ensino Médio e Técnico; ocupa a função de Diretora de Departamento do Grupo de Formulação e Análises Curriculares no Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza. É pesquisadora com experiência profissional nas áreas/ atividades: Linguística e Terminologia; Ensino de Língua Portuguesa e de Linguística; Ensino Instrumental; Comunicação Instrumental; produção e avaliação de material didático; elaboração e correção de provas para concursos; revisão de textos técnicos e científicos; elaboração e análise de dicionários terminológicos e glossários de diversas áreas e de língua geral; Currículo de Educação Básica e de Educação Profissional e Tecnológica. Ministra palestras acerca de suas áreas de pesquisa e atuação profissional em diversas instituições, públicas e particulares.

Referências

ALVES, I. M. Um estudo sobre a neologia lexical: os microssistemas prefixais do português contemporâneo. 2000. 380f. Tese (Livre-Docência – Letras Clássicas e Vernáculas) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo.

ALVES, I. M. Neologismo: criação lexical. 3. ed. São Paulo: Ática, 2007.

BARBOSA, M. A. Léxico, produção e criatividade: processos do neologismo. São Paulo: Global, 1981.

BARBOSA, M. A. Etno-terminologia e terminologia aplicada: objeto de estudo, campo de aplicação. In: ISQUERDO, A. N.; ALVES, I. M. (Org.). As Ciências do léxico: lexicologia, lexicografia, terminologia, v. 3. Campo Grande: Ed. UFMS; São Paulo: Humanitas, 2007: 433-445.

BARROS, L. A. Curso básico de Terminologia. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004.

CABRÉ, M. T. La terminología: teoría, metodología, aplicaciones. Barcelona: Editorial Antártida/Empúries, 1993.

CABRÉ, M. T. La terminología: representación y comunicación - elementos para una teoría de base comunicativa y otros artículos. Barcelona: Institut Universitari de Lingüística aplicada/Universitat Pompeu Fabra, 1999.

DEMAI, F. M. Processos de terminologização: descrição e análise da neologia da área de Educação do Campo. 2014. 417 f. Tese (Doutorado em Letras: Filologia e Língua Portuguesa) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-26032015-151957/pt-br.php Acesso em: 19 maio 2020.

DEMAI, F. M. Análise da lexicalização e das funções das unidades terminológicas da área de Currículo Escolar em Educação Profissional Técnica de Nível Médio organizado por competências. Estudos linguísticos, São, v. 48, , n. 1, 2019, p. 164-182. Disponível em: <https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/2146>. Acesso em: 19 maio 2019.

GUILBERT, L. La formation du vocabulaire de l´aviation. Paris: Librairie Larousse, 1965.

GUILBERT, L. Théorie du néologisme. In: Cahiers de l'Association internationale des études francaises, n. 25, 1973, p. 9-29. Disponível em: <http://www.persee.fr/web/revues/home/prescript/article/caief_0571-5865_1973_num_25_1_1020>. Acesso em: 19 maio 2019.

INSTITUTE FOR HUMAN AND MACHINE COGNITION - IHMC. Cmap Tools. Software de construção de mapas conceituais/modelos mentais. Knowledge Modeling Kit – Latest version 6.04. 2020. Disponível em: <http://cmap.ihmc.us/>. Acesso em: 10 abr. 2020.

LAKOFF, G.; JOHNSON, M. Metaphors we live by. Chicago; London: University of Chicago Press, 2003 [1980].

MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM TERRA - MST . Como fazemos a escola de educação fundamental? São Paulo: Iterra, 1999.

SCOTT, M. WordSmith Tools version 8, Stroud: Lexical Analysis Software. Tools: Wordlist, Keywords e Concord. 2020. [latest version]. Disponível em: <http://www.lexically.net/publications/citing_wordsmith.htm>. Acesso em: 10 abr. 2020.

TEMMERMAN, R. Sociocognitive Terminology Theory. In: CABRÉ, M. T.; FELIU, J. (ed.). Terminología y cognición II. Simposio Internacional de Verano de Terminología (13-16 de julio de 1999). Barcelona: Institut Universitari de Lingüística Aplicada. Universitat Pompeu Fabra, 2001.

TEMMERMAN, R. Metaphorical models and the translator’ s approach to scientific texts. Antverpiensia New Series – Themes in Translation Studies. Antwerp, n. 1, 2002.. Disponível em: <https://lans-tts.uantwerpen.be/index.php/LANS-TTS/index>. Acesso em: 6 out. 2018.

Downloads

Publicado

2020-06-01

Como Citar

Demai, F. M. (2020). Terminologia, cognição e sociedade: análise dos processos de terminologização e de neologia que caracterizam as denominações da área de Educação do Campo. Tradterm, 35, 5-24. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v35i0p5-24

Edição

Seção

Artigos