Do bilíngue ao tradutor, do enunciado à enunciação: notas sobre uma perspectiva enunciativa do tradutor e da tradução

Autores

  • Paula Ávila Nunes Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2011.36752

Palavras-chave:

Tradutor, Leitura especializada, Enunciação.

Resumo

O presente trabalho parte da seguinte indagação: se todos os falantes bilíngues possuem a capacidade de traduzir de sua língua materna para a língua estrangeira (e vice-versa), o que singulariza o tradutor e o diferencia do bilíngue comum? A hipótese levantada nesse texto é a de que a diferença reside essencialmente na leitura especializada que um tradutor realiza do texto a ser traduzido. Propõe-se, então, por meio do escopo teórico da Linguística da Enunciação, que o tradutor realiza uma leitura do processo de criação da significação do texto original (ou seja, da enunciação), em oposição à leitura do produto (ou seja, o enunciado), própria do falante bilíngue. Com isso, o texto tenta contribuir para os estudos sobre tradução desde uma visada teórica enunciativa, (re)pensando como os estudos enunciativos da linguagem percebem o papel do tradutor e concebem a prática tradutória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Ávila Nunes, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com ênfase em estudos do texto e do discurso. Licenciada em Letras pela mesma Universidade.

Graduada em Letras (Português/Inglês) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde também desenvolve seus estudos de doutoramento em Estudos da Linguagem, com ênfase em Estudos do Texto e do Discurso. Seus trabalhos têm foco na Lingüística da Enunciação e sua relação com a tradução, os distúrbios de linguagem e o ensino de línguas.

Downloads

Publicado

2011-12-04

Como Citar

Nunes, P. Ávila. (2011). Do bilíngue ao tradutor, do enunciado à enunciação: notas sobre uma perspectiva enunciativa do tradutor e da tradução. Tradterm, 18, 9-27. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2011.36752

Edição

Seção

Artigos