Para se desopilar o fígado: aporias e soluções ao se traduzir Alphonse Allais

Autores

  • Alexandre Prudente Piccolo Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Estudos Comparados

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2011.36762

Palavras-chave:

Alphonse Allais, Literatura francesa, Texto humorístico, Humor, Comicidade, Século XIX.

Resumo

Depois de traduzidos quase trinta crônicas/contos de Alphonse Allais, extraídos de coleções variadas do autor, apresento um breve panorama de seus textos e algumas de suas estratégias discursivas na produção de efeitos cômicos; ademais, discuto certas aporias ao se traduzirem determinadas passagens, bem como soluções que julgo adequadas na versão para o português.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Prudente Piccolo, Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Estudos Comparados

Doutorando em Letras Clássicas no Departamento de Linguística do Instituto de Estudos da Linguagem, na Unicamp. Além de demonstrar especial afeição pelo ofício de tradutor e por seus meandros teóricos, dedica-se atualmente (2011) ao estudo das alusões homéricas na lírica de Horácio.

Downloads

Publicado

2011-12-04

Como Citar

Piccolo, A. P. (2011). Para se desopilar o fígado: aporias e soluções ao se traduzir Alphonse Allais. Tradterm, 18, 209-235. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2011.36762

Edição

Seção

Artigos