O impacto social das imagens e representações do tradutor na construção e transformação de sua identidade

Autores

  • Leila Cristina de Mello Darin Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2010.46312

Palavras-chave:

Identidade, Tradutor, Ideologia, Imagem Social.

Resumo

O presente artigo pretende discutir a questão da identidade do tradutor, a fim de contribuir para uma percepção mais aguçada da imagem que tem de si esse profissional e de como ela é criada e mantida. O alicerce teórico para a discussão sobre a formação de identidades é extraído de Stuart Hall, Tomaz da Silva e Kathryn Woodward. São sucintamente apresentados e debatidos textos que tratam da identidade do tradutor, analisando-a a partir do discurso dos próprios profissionais da área e de estudiosos, críticos e resenhistas (Lages, Coracini, Arrojo, Sette, Silva, Pomarico, Teixeira). As representações apontam para uma identidade híbrida, mutável, repleta de tensões e visões conflitantes. Segue-se uma reflexão sobre os aspectos ideológicos que matizam as representações do tradutor e avalia-se a estratégia de identificação com o autor. Discutem-se algumas formas de lidar com a imagem com frequência negativa que os tradutores reforçam em seu discurso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leila Cristina de Mello Darin, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Professora doutora da Pontifícia Universidade Católica.

Downloads

Publicado

2010-06-18

Como Citar

Darin, L. C. de M. (2010). O impacto social das imagens e representações do tradutor na construção e transformação de sua identidade. Tradterm, 16, 67-95. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2010.46312

Edição

Seção

Artigos