A tradução pelo prisma da localização na economia informacional

Autores

  • Érika Nogueira de Andrade Stupiello Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" – São José do Rio Preto.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2009.46338

Palavras-chave:

Localização, tradução, memórias de tradução, autoria controlada.

Resumo

Este trabalho examina o espaço que a tradução ocupa na indústria da localização. Vista como uma atividade que lida basicamente com a recuperação de significados por meio de sistemas de memórias, a tradução é concebida como um trabalho que compõe uma pequena parte do processo de localização, que envolve a adaptação de produtos de alta tecnologia às necessidades específicas dos mercados estrangeiros em que serão introduzidos. A análise proposta apresenta algumas das estratégias de autoria controlada aplicada ao material de origem a ser localizado; discute, ademais, a escamoteação da igualdade de acesso à tecnologia, especialmente por meio da inferiorização do trabalho de tradução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Érika Nogueira de Andrade Stupiello, Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" – São José do Rio Preto.

Doutoranda do Programa de Estudos Linguísticos da Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" – São José do Rio Preto.

Downloads

Publicado

2009-12-18

Como Citar

Stupiello, Érika N. de A. (2009). A tradução pelo prisma da localização na economia informacional. Tradterm, 15, 101-112. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2009.46338

Edição

Seção

Artigos