Corpus-based translation studies: where does it come from? Where is it going?

Autores

  • Sara Laviosa University of Bari.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47039

Palavras-chave:

Estudos culturais, lingüística de corpus, universais, Estudos Descritivos da Tradução (DTS), estudos aplicados de tradução baseados em corpora, estudos descritivos de tradução baseados em corpora, estudos teóricos de tradução baseados em corpora, lingüíst

Resumo

A idéia de estudar a tradução e o ato de traduzir por meio de corpora foi sugerida inicialmente por Baker, em 1993. Àquele tempo, acreditava-se que essa nova parceria com a Lingüística de Corpus forneceria a metodologia para o estudo empírico, enquanto a Teoria da Tradução se encarregaria de identificar as áreas de pesquisa e elaborar hipóteses operacionais. As duas parceiras trabalhariam em harmonia em prol do avanço da corrente descritiva da disciplina. Desde então, a parceria adquiriu uma identidade clara e com denominação específica: Corpus-based Translation Studies – CTS (Estudos de Tradução baseados em Corpus). Suas áreas de pesquisa variam de estudos descritivos a aplicados, e contemplam diversas línguas. Neste artigo, pretendo examinar as ligações existentes entre CTS, Lingüística de Corpus e DTS (Descriptive Translation Studies) com o objetivo de verificar quais alegações feitas no passado ainda são verdadeiras e quais as áreas  de pesquisa mais frutíferas a longo prazo em CTS. Meu artigo está organizado em três seções cronológicas, que correspondem a momentos- chave na história dos CTS. Os dois primeiros anos, 1993 a 1995, contemplam o surgimento dos CTS; o período compreendido entre os anos 1996 e 1999 representam o que chamo de predomínio da Lingüística de Corpus nos estudos de tradução; já de 2000 em diante, seria plausível falar de um predomínio dos Estudos Culturais nos CTS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2004-12-18

Como Citar

Laviosa, S. (2004). Corpus-based translation studies: where does it come from? Where is it going?. Tradterm, 10, 29-57. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47039

Edição

Seção

Tradução e Corpus