Multilingual corpora: models, methods, uses

Autores

  • Stig Johansson University of Oslo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47044

Palavras-chave:

Corpora multilíngües, tipos de corpus, metodologia de corpus, correspondência mútual, efeitos de tradução.

Resumo

O presente artigo relata nossos trabalhos com corpora multilíngües na Universidade de Oslo. Diferentes modelos de corpora são apresentados, em especial, o modelo bidirecional de tradução usado no English-Norwegian Parallel Corpus (ENPC). As etapas de construção do ENPC são descritas de forma sucinta, acompanhadas de alguns comentários acerca dos problemas encontrados. Grande parte do artigo é dedicada aos usos desse tipo de corpus. Há também uma breve introdução à ferramenta de busca desenvolvida para o ENPC. O principal objetivo aqui é mostrar que o modelo bidirecional de corpus de tradução possibilita a realização de estudos contrastivos e permite, simultaneamente, observar efeitos de tradução. A noção de correspondência mútua, introduzida por Bent Altenberg, é discutida quando comentamos seu estudo sobre conectores adverbias em inglês e sueco, desenvolvido com base no corpus English-Swedish Parallel Corpus, criado segundo os mesmos parâmetros do ENPC. Como exemplo de efeitos de tradução, são tecidos alguns comentários quanto à distribuição de dois verbos de posição no ENPC: o norueguês stå e seu cognato em inglês stand. A diferença é mais marcada em textos originais; já nas traduções, a distribuição é claramente influenciada pelos textos originais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2004-12-18

Como Citar

Johansson, S. (2004). Multilingual corpora: models, methods, uses. Tradterm, 10, 59-82. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47044

Edição

Seção

Tradução e Corpus