Translation corpora in contrastive research, translation and language learning

Autores

  • Josef Schmied Chemnitz University of Technology.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47047

Palavras-chave:

Corpora de tradução, gramática contrastiva, aprendizado de língua, verbos auxiliares, modais e de ligação.

Resumo

O presente artigo analisa o papel de corpora de tradução em todos os âmbitos da pesquisa lingüística contrastiva. Na última década, a Lingüística de Corpus se transformou numa metodologia nova, poderosa e de fácil acesso, que impulsionou a maioria das disciplinas tradicionais da lingüística. Assim, os corpora de tradução revitalizaram todas as áreas de estudo comparativas, já que podem ser usados, com proveito tanto nos estudos lingüísticos contrastivos quanto na tradução e no ensino e aprendizado de língua. Estudos baseados em corpora de tradução são bastante difundidos entre os falantes não-nativos de inglês, uma vez que constituem uma fonte confiável para a análise da língua, que não depende da introspecção. Por agruparem uma perspectiva tanto quantitativa quanto qualitativa, são particularmente interessantes no caso de fenômenos que indicam gradação, como a escala verbo auxiliar-de ligação-pleno, que fornece o campo de teste empírico para a maior parte deste trabalho. As possibilidades oferecidas por corpora de tradução são ilustradas com o uso de exemplos extraídos do Corpus de Tradução Inglês-Alemão Chemnitz, que focalizam em especial três estudos de caso: o uso de help como auxiliar, os verbos de ligação appear/seem e o modal may/might.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2004-12-18

Como Citar

Schmied, J. (2004). Translation corpora in contrastive research, translation and language learning. Tradterm, 10, 83-115. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47047

Edição

Seção

Tradução e Corpus