Using small corpora to tap and map the process-product interface in translation

Autores

  • Fabio Alves Federal University of Minas Gerais.
  • Célia Magalhães Federal University of Minas Gerais.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47162

Palavras-chave:

Processo de tradução, ritmo cognitivo, metacognição, corpora de dimensões reduzidas, interface processo-produto.

Resumo

A partir da noção de corpora de dimensões reduzidas (Ghadessy et al., 2001) e da necessidade de cruzamento de dados gerados pelo processo com dados gerados pelo produto (Hansen, 2002) com o objetivo de melhor esclarecer questões relacionadas à solução de problemas e tomada de decisão em tradução (Alves & Gonçalves, 2003), este artigo propõe a integração de corpora de dimensões reduzidas no âmbito da estrutura metodológica do CORPRAT (Corpus Processual para Análises Tradutórias). Para tanto, aplicam-se, através de um estudo de caso, os resultados obtidos por Jakobsen (2002) a análises do ritmo cognitivo (Schilperoord, 1996) de tradutores a fim de investigar o perfil cognitivo-discursivo de tradutores novatos e, assim, buscar mapear a interface processo-produto em tradução (Alves, 2003).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2004-12-18

Como Citar

Alves, F., & Magalhães, C. (2004). Using small corpora to tap and map the process-product interface in translation. Tradterm, 10, 179-211. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47162

Edição

Seção

Tradução e Corpus