When italians talk 'business' they mean it

Autores

  • Sara Laviosa University of Bari.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47180

Palavras-chave:

Corpus comparável bilingüe, metodologia baseada em corpus, metodologia direcionada pelo corpus, anglicismo, unidade de significado funcionalmente completa, coligação, colocação.

Resumo

Na linguagem dos negócios em italiano, o uso de anglicismos tem duas características principais: uma é a crescente proporção de empréstimos não adaptados em relação aos adaptados; a outra é o papel relevante da mídia na introdução de anglicismos no vocabulário italiano. Os aprendizes de tradução com freqüência se vêem diante do problema de identificar os contextos corretos em que um item lexical em inglês pode ser traduzido por um anglicismo em italiano, em especial com palavras polissêmicas cujas extensões de significado tendem a diferir nas línguas de partida e de chegada, conforme atestam as definições nos dicionários monolíngües (Laviosa, 2003). Outra dificuldade é que o contexto na língua de chegada é muito limitado ou até mesmo inexistente (vide, por exemplo, o Grande dizionario italiano, De Mauro, 2000; ou o Vocabolario della lingua italiana, Zingarelli, 2003, respectivamente). Este estudo adota uma abordagem baseada em corpus e uma abordagem direcionada pelo corpus para investigar o uso do lema ‘business’ num corpus comparável italiano-inglês da linguagem de negócios (COMIC-SALCA) como primeiro passo para uma análise mais completa desse termo como unidade de significado funcionalmente completa (Tognini-Bonelli 1996a/b; 2000, 2001). O objetivo é descritivo e pedagógico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2004-12-18

Como Citar

Laviosa, S. (2004). When italians talk ’business’ they mean it. Tradterm, 10, 279-293. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2004.47180

Edição

Seção

Tradução e Corpus