Video game localization: the case of Brazil

Autores

  • Ricardo Vinicius Ferraz de Souza Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2012.47438

Palavras-chave:

Videogames, tradução, localização, localização de jogos no Brasil.

Resumo

Quando os primeiros videogames apareceram na década de 1950, eles se apresentaram como uma tecnologia de grande potencial e com um futuro promissor. O que muitos não esperavam é que, cerca de meio século depois, o videogame se tornaria uma indústria multibilionária, rivalizando com outras indústrias importantes do mundo do entretenimento em termos de faturamento e popularidade, tais como as indústrias do cinema e da música. Com a crescente expansão do setor, aliada à necessidade de internacionalizar seus jogos, muitas desenvolvedoras e editoras estão investindo cada vez mais em tradução e localização. Este artigo visou traçar um panorama acerca da relação entre videogames e tradução ao longo dos diferentes estágios de desenvolvimento e evolução da indústria e também abordou, por meio da análise de alguns jogos, os diferentes estágios da localização de jogos no Brasil, com todas as suas particularidades e idiossincrasias. A análise se baseou no conceito de “experiência de jogabilidade” de Mangiron e O’Hagan, além de fazer uso de outros princípios apresentados por Bernal Merino, Scholand e Dietz; também focou o desenvolvimento histórico dos videogames no Brasil e a maneira como a tradução é utilizada e exibida na tela sob o ponto de vista de um jogador de videogames.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Vinicius Ferraz de Souza, Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Mestrando em Estudos da Tradução pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Graduado em Letras (Português/Espanhol) pela Universidade de São Paulo. Possui experiência no ensino de inglês como língua estrangeira. Atualmente, é mestrando em Estudos da Tradução pela Universidade de São Paulo. Áreas de interesse: teoria e prática de tradução, localização, videogames.

 

Downloads

Publicado

2012-06-18

Como Citar

Souza, R. V. F. de. (2012). Video game localization: the case of Brazil. Tradterm, 19, 289-326. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2012.47438

Edição

Seção

Artigos