Viajes Intersemióticos: de la literatura en lengua inglesa al cine de Hollywood: La Perspectiva desde España

Autores

  • Jose Maria Bravo Universidade de Valladolid.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2007.47476

Palavras-chave:

Adaptação, tradução intersemiótica, Hollywood.

Resumo

O presente trabalho parte de duas premisas básicas: primeiro, o fato de que a literatura tem tido uma importância capital na história da sétima arte, e a tem condicionado com tal força que podemos afirmar que, sem ela, a arte cinematográfica seria muito diferente de como a conhecemos. Segundo, que a relação entre literatura e cinematografia é muito complexa e tem funcionado em muitos níveis ao longo da história do cinema. Neste artigo, vamos nos concentrar em três vertentes desta complexidade: as razões que explicam o interesse da indústria cinematográfica pela literatura; o paradigma clássico do estudo das referidas relações; e como, nos últimos anos, a situação começou a mudar com o surgimento de novas correntes teóricas sobre as adaptações cinematográficas de obras literárias no início do século XXI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2007-12-18

Como Citar

Bravo, J. M. (2007). Viajes Intersemióticos: de la literatura en lengua inglesa al cine de Hollywood: La Perspectiva desde España. Tradterm, 13, 205-224. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2007.47476

Edição

Seção

Adaptação Fílmica