Pode-se considerar o verbo uma unidade lexical especializada? Descrição de verbos especializados do português

Autores

  • Renata Stela Valente Universidade de Montreal.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2000.49521

Palavras-chave:

Verbo, discurso especializado, terminologia, lexicografia.

Resumo

Os discursos de especialidade utilizam certas categorias gramaticais que não são tratadas ou que não são adequadamente tratadas pela terminologia. Entre elas está o verbo, apresentado neste artigo. Discutimos as limitações da terminologia para tratar das unidades verbais e propomos uma descrição dessas unidades, que chamamos unidades especializadas, no âmbito do modelo “Lexicologia Explicativa e Combinatória” (Mel’cuk et al. 1995). Por meio de exemplos extraídos de textos da micro-informática redigidos em português, mostramos que o conhecimento das unidades verbais é tão necessário quanto o conhecimento das unidades nominais (termos) para a tradução e redação especializadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Stela Valente, Universidade de Montreal.

A autora é doutoranda em lingüística, opção tradução, na Universidade de Montreal.

Publicado

2000-12-18

Como Citar

Valente, R. S. (2000). Pode-se considerar o verbo uma unidade lexical especializada? Descrição de verbos especializados do português. Tradterm, 6, 171-187/189. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2000.49521

Edição

Seção

Terminologia