Migrações internacionais de mulheres rurais

  • Joel Orlando Bevilaqua Marin Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Laila Mayara Drebes Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Flávia Souza Oliveira Universidade Federal de Goiás - UFG
Palavras-chave: Agricultura familiar, Gênero, Imigração, Reprodução social

Resumo

O artigo analisa experiências de mulheres rurais em processos migratórios internacionais, considerando as motivações da emigração, as inserções laborais no exterior e o retorno ao país de origem. A pesquisa foi realizada em Itapuranga, Goiás, com base em entrevistas semiestruturadas e levantamento documental. Socialmente, as migrações internacionais vividas por mulheres rurais são percebidas como estratégias para melhoria das condições de vida e construção da autonomia pessoal. Em termos práticos, as experiências migratórias estão marcadas pela inserção em trabalhos socialmente Desvalorizados, mal remunerados, informais e insalubres. As migrações internacionais trazem saldos econômicos dificilmente alcançados com o trabalho na agricultura familiar, embora as mulheres rurais se submetam-se a diversos sacrifícios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joel Orlando Bevilaqua Marin, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Doutor em Sociologia e Professor no Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural (PPGExR) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Laila Mayara Drebes, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural (PPGExR) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Brasil. Professora do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) – Brasil.

Flávia Souza Oliveira, Universidade Federal de Goiás - UFG

Mestra em Agronegócio pela Universidade Federal de Goiás (PPAGRO/UFG). Professora da Faculdade Aliança de Itaberaí – FAIT/GP e da Faculdade de Jussara-FAJ/GO.

Publicado
2019-06-04
Como Citar
Marin, J., Drebes, L., & Oliveira, F. (2019). Migrações internacionais de mulheres rurais. Cadernos CERU, 30(1), 168-200. Recuperado de https://www.periodicos.usp.br/ceru/article/view/158687
Seção
Dossiê Migrações