Editorial

Dossiê Claudio Santoro e Villa-Lobos

  • Paulo de Tarso Salles Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
  • Rodolfo Coelho de Souza Universidade de São Paulo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo de Tarso Salles, Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Professor associado no Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, onde leciona disciplinas da área de Teoria Musical. Autor dos livros: Aberturas e impasses: a música no pós-modernismo e seus reflexos no Brasil, 1970-1980 (Ed. Unesp, 2005); Villa-Lobos: processos composicionais (Ed. Unicamp, 2009) e Os quartetos de cordas de Villa-Lobos: forma e função (Edusp, 2018). Coorganizou, com Norton Dudeque, o livro Villa-Lobos, um compêndio: novos desafios interpretativos (Ed. UFPR, 2017). Coordena o PAMVILLA - Perspectivas Analíticas para a Música de Villa-Lobos, grupo de pesquisa multidisciplinar. Organiza anualmente o Simpósio Villa-Lobos, na USP. Sua pesquisa em andamento, sobre as quatro primeiras sinfonias de Villa-Lobos, é financiada pela FAPESP.

Rodolfo Coelho de Souza, Universidade de São Paulo

Professor Titular do Departamento de Música da Universidade de São Paulo, vinculado à Faculdade de Filosofia Ciência de Letras de Ribeirão Preto. Atua como orientador de doutorado na Pós-Graduação em Música da Escola de Comunicações e Artes da USP. De 2000 a 2005 foi Professor do Departamento de Artes da UFPR. Graduou-se em Engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1976), fez Mestrado em Musicologia na ECA-USP (1994) e Doutorado em Composição Musical na University of Texas at Austin (2000). Em 2009 realizou pesquisas de pós-doutorado na University of Texas at Austin com E. Antokoletz e R. Pinkston. Atua nas áreas de Composição Musical, Tecnologia da Música e Musicologia Analítica. Foi coordenador do Lacomus - Laboratório de Computação Musical da UFPR (2001-2004) e atualmente é coordenador do Lateam - Laboratório de Teoria e Análise Musical do DM-FFCLRP-USP. É presidente da TeMA - Associação Brasileira de Teoria e Análise Musica para o biênio 2019-20. No exercício anterior da TeMA, foi editor do periódico Musica Theorica. Entre suas composições musicais destacam-se: O Livro dos Sons (2010) para orquestra e sons eletrônicos, Concerto para Computador e Orquestra (2000) e Tristes Trópicos (1991). É bolsista de Produtividade em Pesquisa PQ2 do CNPq.

Publicado
2019-12-22
Como Citar
Salles, P. de T., & Coelho de Souza, R. (2019). Editorial. Revista Música, 19(2), vii-viii. https://doi.org/10.11606/rm.v19i2.165327