Terminologia da Radiação Solar: elaboração de um glossário bilíngue (português-francês)

  • Renata Tonini Bastianello Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
  • Adriana Zavaglia Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Palavras-chave: Tradução, Terminologia, Radiação solar, Energia solar fotovoltaica, Glossário bilíngue

Resumo

O presente artigo visa a descrever o processo de elaboração de um glossário bilíngue (português-francês) de termos da Radiação Solar, apresentando a compilação de um corpus de estudo especializado, a coleta de termos, a comparação de traços descritores na busca por equivalências e a redação da micro e macroestrutura. A terminologia da Radiação Solar – subárea da Energia Solar Fotovoltaica – se caracteriza como multidisciplinar: possui termos próprios e termos emprestados de outros campos do conhecimento. Identificar essas unidades terminológicas e buscar seus equivalentes em outros idiomas para fins terminográficos são tarefas necessárias para auxiliar profissionais e aprendizes da área, assim como tradutores de documentos técnicos, pois, com o uso cada vez mais difundido da Energia Solar Fotovoltaica, a tradução de livros e manuais técnicos, contratos e propagandas – que trazem consigo termos da Radiação Solar, começam a fazer parte da realidade do tradutor. Para este estudo, nos baseamos nos conceitos da Teoria Comunicativa da Terminologia (CABRÉ, 1999), utilizamos as ferramentas da Linguística de Corpus, através do AntConc (ANTHONY, 2014) e empregamos o método dos Ganchos Terminológicos (DUBUC, 1985) para a busca por relações de sinonímia e equivalência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Tonini Bastianello, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Doutoranda do Programa de Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês do Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Adriana Zavaglia, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Possui doutorado em Letras, Linguística e Língua Portuguesa, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Pós-Doutorado em Estudos Tradutológicos pela Universidade de São Paulo e Pós-Doutorado em Linguística pela Université de Paris VII. É professora doutora junto ao Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Referências

ANTHONY,L.(2014). AntConc 3.4.3w. Tokyo: Waseda University, 2014. Disponível em: <http://www.laurenceanthony.net>. (18/01/2018).

AUBERT, F.H. Introdução à metodologia da pesquisa terminológica bilíngüe. 2 ed.São Paulo: FFLCH/CITRAT, 2001.

AULETE DIGITAL. Raio. Disponível em: <http://www.aulete.com.br/raio>. Acesso em: 11jun. 2018.

BASTIANELLO,R.T. Terminologia da energia solar fotovoltaica para fins terminográficos:estudo baseado em corpus comparável (português-francês). 2017. 378f. Dissertação (Mestrado) –Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-11122017-190034/pt-br.php>. Acesso em: 01maio 2018.

BERBER SARDINHA, T. Usando WordSmith Tools na investigação da linguagem. In: DIRECT Papers, 40. 1999. p. 1-20. Disponível em: <http://www2.lael.pucsp.br/direct/DirectPapers40.pdf>.Acesso em: 14maio 2017.

BERBER SARDINHA, T. Linguística de Corpus. Barueri: Manole, 2004.

BEVILACQUA, C. R. Unidades Fraseológicas Especializadas: novas perspectivas para sua identificação e tratamento. Organon, Porto Alegre, v. 12, n. 26, p. 1-8, 1998.

CABRÉ, M.T. La Terminología: representación y comunicación. Barcelona: Institut Universitari de Lingüística Aplicada, 1999.

DUBUC, R. Manuel Pratique de Terminologie. 2 ed. Québec: Linguatech, 1985.

KRIEGER; M. FINATTO. M. Introdução à Terminologia: teoria e prática. 2 ed. SãoPaulo: Contexto, 2015.

KWSOLAR SOLUTIONS. Disponível em: <http://kwsolarsolutions.com/>. Acesso em: 5jun. 2018.

LABOURET, A. et al. Cellules solaires:les bases de l'énergie photovoltaïque. 5 ed. Paris: Dunod, 2010.

MACIEL, A.M.B. Terminologia, linguagem de especialidade e dicionários. In: KRIEGER, M.G.; MACIEL, A.M.B.(org.) –Temas de Terminologia.Porto Alegre/São Paulo: Ed. Universidade/UFRGS/Humanitas/USP, 2001. p.39-46.

PORTAL SOLAR. Tudo sobre a eficiência do painel solar.Disponível em: <https://www.portalsolar.com.br/tudo-sobre-a-eficiencia-do-painel-solar.html>. Acesso em: 04jun. 2018.

PORTAL SOLAR. A direção do painel solar.Disponível em: <https://www.portalsolar.com.br/a-melhor-direcao-do-painel-solar-fotovoltaico.html>. Acesso em: 05jun. 2018.

REY-DEBOVE, J. Étude linguistique et sémiotique des dictionnaires français contemporains. The Hague, Paris: Mouton, 1971.

STORM BRASIL. Orientação solar. Disponível em: <http://www.strombrasil.com.br/orientacao-solar/>. Acesso em: 05jun. 2018.TAGNIN, S.E. O. Glossário de Linguística de Corpus. In: TAGNIN, S.; BEVILACQUA, C. Corpora na Terminologia. São Paulo: Hub Editorial, 2013, p. 215-219.

VILLALVA,M.G.;GAZOLI, J.R. Energia Solar Fotovoltaica:conceitos e aplicações. São Paulo: Érica, 2012.WÜSTER, E.Introducción a la Teoría General de la Terminología y la Lexicografía Terminológica. Barcelona: Institut Universitari de Lingüística Aplicada, 1998.

ZILLES, R. et al. Sistemas Fotovoltaicos Conectados à Rede Elétrica. São Paulo: Oficina de Textos, 2012

Publicado
2019-10-11
Como Citar
Bastianello, R., & Zavaglia, A. (2019). Terminologia da Radiação Solar: elaboração de um glossário bilíngue (português-francês). Tradterm, 34, 27-47. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v34i0p27-47
Seção
Artigos